O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Conheça os cursos online e os eventos virtuais do RH.com.br
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






02/07/2015
RH » Responsabilidade Social » Notícia Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

Empresa cria campanha e incentiva doação de sangue

Atenta a um grave problema que atinge todo o País, a Willis, companhia que atua no segmento de seguros do mundo e do Brasil, lançou uma campanha para estimular os colaboradores das mais de duas mil empresas clientes e seus próprios funcionários a doarem sangue, em apoio ao Junho Vermelho, que é promovida pelo movimento nacional ‘Eu Dou Sangue pelo Brasil'. Isso porque com a chegada do inverno e das férias escolares o número de doadores cai muito. O Estado de São Paulo, que é responsável por 25% do sangue coletado em todo o País, registra queda de 30% nas doações entre os meses de junho e julho, segundo dados da Secretaria de Saúde. A doação regular e voluntária de sangue, responsável por salvar vidas, é uma questão nacional. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a média mundial de doadores de sangue está entre 3 e 5% em relação à população total de um país. Nos últimos cinco anos, a média brasileira é de 1,9%.

Por meio da campanha "Funcionário Sangue Bom", a Willis esclarece como proceder para que a doação seja segura não só para o doador, mas também para o paciente que for recebê-la. Foi criado um infográfico para a campanha, construído de forma que possa ser utilizado pelos RHs das empresas clientes Willis, principalmente da área de Capital Humano e Benefícios da Willis, que administra mais de 1,2 milhão de vidas. O material foi enviado, também, para todos os funcionários da corretora e afixado nos murais de recados das unidades da Willis.

A Willis ainda criou um banco de dados no qual seus funcionários podem se inscrever para serem acionados em campanhas de doação que ocorrem ao longo do ano. "O brasileiro não tem o hábito de doar sangue, e acaba fazendo esse ato apenas quando alguém próximo precisa. Nós, da Willis, acreditamos que incentivar e esclarecer as dúvidas sobre esse ato pode ajudar a salvar muitas vidas", finaliza Dra. Walderez Fogarolli - diretora de Gestão e Promoção da Saúde.


FONTE: Virta Comunicação Corporativa

 

Palavras-chave: | Willis | Walderez Fogarolli | cidadania |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (0)
Ainda não há comentários.

Seja o primeiro, clique no ícone disponível logo acima e faça seus comentários.
PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Curso Online do RH.com.br

Curso Online do RH.com.br



RH.com.br no Twitter


PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.