O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Conheça os cursos online e os eventos virtuais do RH.com.br
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






08/03/2016
RH » Responsabilidade Social » Notícia Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

Ambev está nas ruas em mutirão nacional contra o Zika

A Ambev promove neste momento uma mobilização nacional pelo combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor dos vírus da Zika, Dengue e Chikungunya. Em São Paulo, mutirão ocorre nas regiões da Mooca e de Pinheiros. Ação faz parte de uma ampla campanha da empresa, que tem como mote a hashtag #naoficoparado. Os mais de 32 mil funcionários, que trabalham nas 34 fábricas e mais de cem centros de distribuição da cervejaria pelo país, estão envolvidos na ação. Durante o dia, eles visitarão casas, bares, restaurantes e outros estabelecimentos comerciais para entregar à população mais de dois milhões de folhetos, além de cartazes educativos.

"Essa ação é um retrato de como unimos as pessoas por um mundo melhor", afirma Pedro Mariani, vice-presidente Jurídico e de Relações Corporativas da Ambev. "O maior objetivo é alertar para que todos façam a diferença tomando ações simples e eficazes para combater o Zika. Só não pode ficar parado. Afinal, quanto mais gente participar, mais rápido é possível virar o jogo contra o mosquito", explica.

Para aumentar ainda mais o engajamento de seus funcionários, a Ambev lançou o "Incentivo Não Fico Parado". Todas as suas fábricas, centros de distribuição e de excelência terão que realizar uma série de tarefas para combater o Zika e registrá-las em um aplicativo especialmente criado para computá-las. A unidade que realizar o melhor trabalho e acumular mais pontos será reconhecida com troféu e prêmios. Além disso, para garantir que todas as nossas unidades se mantenham livres do mosquito, estão sendo realizadas auditorias semanais.

Nas redes sociais, a campanha da Ambev também vem ganhando força com o apoio de personalidades como Sabrina Sato, Preta Gil, Ticiane Pinheiro, Aviões do Forró, entre outras celebridades. Com posts informativos no Instagram e no Facebook, eles mostram o que pode ser feito para eliminar focos do mosquito transmissor do Zika vírus. Além disso, eles estão desafiando outros famosos a fazerem o mesmo, divulgando a hashtag #naoficoparado.

A movimentação é grande também dentro dos gramados. Pelos campeonatos estaduais, no último sábado, São Paulo FC (SP), Cruzeiro (MG), Remo (PA) e Náutico (PE) entraram em campo carregando faixas com mensagens de combate ao mosquito Aedes aegypti. Já no domingo foi a vez de Flamengo (RJ), Botafogo (RJ), Vasco (RJ), Internacional (RS) e Vitória (BA) se engajarem.

Durante o mês de fevereiro, a Ambev distribuiu 150 mil cartazes e 200 mil flyers educativos do Ministério da Saúde. Uma rede de 60 cooperativas de catadores de materiais recicláveis e 22 organizações não governamentais, parceiros da empresa em projetos socioambientais, já foi convidada a compartilhá-lo. Outros 20 grupos do programa de voluntariado da companhia estão engajados em disseminar informações em diversas cidades do Brasil.


FONTE: Máquina Cohn & Wolfe

 

 

Palavras-chave: | Ambev | Pedro Mariani | cidadania |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (0)
Ainda não há comentários.

Seja o primeiro, clique no ícone disponível logo acima e faça seus comentários.
PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Curso Online do RH.com.br

Curso Online do RH.com.br



RH.com.br no Twitter


PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.