O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Conheça os cursos online e os eventos virtuais do RH.com.br
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






17/07/2015
RH » Recrutamento e Seleção » Notícia Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

Remuneração não deve ser o primeiro assunto na seleção

Ter a pretensão salarial em mente é fundamental para profissionais que buscam uma nova oportunidade de trabalho, mas é aconselhado cautela quanto a abordagem do tema no processo de seleção. De acordo com pesquisa da Robert Half, 30% dos diretores de RH do País acreditam que os candidatos só devem abordar o tema na reta final do processo seletivo, enquanto 14% dos entrevistados afirmam que o assunto deve ser uma iniciativa do recrutador.

O estudo da Robert Half foi realizado em novembro de 2014, com base na percepção de 1675 diretores de RH de 12 países, sendo 100 do Brasil. Na média global, 45% dos gestores aconselham os candidatos a iniciar conversas sobre salários a partir da segunda entrevista e 8% acreditam que é melhor não tocar no assunto antes que o possível empregador levante a questão.

Para orientar os candidatos, a Robert Half listou quatro importantes dicas para ter sucesso na conversa com o recrutador:

Confira os números - Pesquise as últimas tendências salariais para a sua cidade, mercado e profissão, converse com colegas e recrutadores. Também vale checar pesquisas salariais e publicações, como o Salary Guide da Robert Half;

Tenha bons argumentos - Esteja preparado para falar de forma aprofundada sobre suas habilidades, experiência e sucessos profissionais, especialmente sobre realizações que tiveram efeitos mensuráveis sobre o negócio;

Não se adiante na conversa - Espere o recrutador começar a falar sobre salário. Tenha certeza de que você entendeu todos os pré-requisitos da posição pretendida antes de começar a falar sobre pretensão salarial. Busque em outras empresas informações sobre uma média salarial adequada para o cargo, assim você evita passar uma faixa salarial alta ou baixa demais;

Não blefe - Nunca é recomendável dar informações erradas sobre seu atual salário ou outras propostas de remuneração com o objetivo de "valorizar o passe". Tente mostrar o valor que você pode agregar à empresa e seja honesto sobre o salário seu salário atual ou último e o pretendido.

 

FONTE: Perspectiva Comunicação

 

Palavras-chave: | Robert Half | captação | talento |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (0)
Ainda não há comentários.

Seja o primeiro, clique no ícone disponível logo acima e faça seus comentários.
PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Curso Online do RH.com.br

Curso Online do RH.com.br



PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.