O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Inscrição com 20% de desconto para a Jornada de Liderança
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






15/05/2012
RH » Qualidade de Vida » Matéria Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

Sua empresa oferece qualidade de vida aos talentos?

Por Patrícia Bispo para o RH.com.br

A preocupação com a melhoria da qualidade de vida dos profissionais tem conquistado, cada vez mais, espaço no âmbito organizacional. Muitas são as iniciativas adotadas pelas empresas, mas observa-se um fato relevante: algumas sentem dificuldade de implantarem ações que lhes garantam um resultado efetivo e que impacte diretamente no negócio.

Segundo Paulo Erlich, consultor em Gestão da Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho, muitas empresas adotam iniciativas, mas sem uma base mais consistente, sem um processo que assegure êxito aos programas. "Sabemos que isso hoje é um assunto que está nas pautas das organizações, porém as empresas se ressentem de alguma metodologia para a implantação. Em geral, começa a implantar o programa aqui, outro ali, uma ginástica laboral aqui, um programa de relacionamento ali", afirma o consultor que participará do 6º ConviRH (Congresso Virtual de Recursos Humanos), evento promovido pelo RH.com.br, no período de 10 a 25 de maio de 2012. Na oportunidade, Erlich ministrará a palestra em vídeo "Como implantar programas de saúde e qualidade de vida nas organizações".

No transcorrer de sua apresentação, ele afirma que existem três grandes conjuntos de fatores que podem causam prejuízos às empresas, que fazerem ao profissional adoecer ou estando doente, não melhorar. São eles: os fatores do ambiente físico, o psicossocial e os individuais.

Os fatores físicos são fáceis de serem percebidos, pois podem ser revelados através do tipo de mobília que a empresa possui, o nível de ruído que existente, a iluminação, a temperatura, as máquinas e os equipamentos, bem como a própria estrutura física que pode contribuir para ocorram acidentes no ambiente laboral.

Já os fatores do ambiente psicossocial estão diretamente ligados à cultura organizacional, à maneira de trabalhar e à forma como a empresa é liderada, uma vez que isso afeta profundamente a saúde das pessoas. "Há também os fatores individuais, que dependem do comportamento de cada funcionário", complementa Paulo Erlich.

Segundo ele, existem atributos que contribuem diretamente para o sucesso de um programa de qualidade de vida necessita do apoio da alta gestão, da gestão intermediária e também daqueles profissionais considerados formadores de opinião, que sequer têm algum cargo, mas que possuem importância nas decisões.

"Para implantar um programa de qualidade de vida é preciso ter muita persistência e paciência, porque é um processo passo a passo, lento e que requer mudanças na organização e nas pessoas. E um processo como esse não é tão simples de acontecer", alerta o palestrante do 6º ConviRH que apresentará o passo a passo para a implantação de um programa de qualidade de vida em qualquer tipo de empresa. Assista à palestra de Paulo Erlich e analise se sua organização está ou não dando a devida atenção à qualidade de vida dos seus colaboradores.

 

Serviço:

6º ConviRH (Congresso Virtual de Recursos Humanos)
Realização: Site RH.com.br
Data: De 10 a 25 de maio de 2012
Informações e inscrições: www.convirh.com.br

 

Palavras-chave: | ConviRH | RH.com.br | Paulo Erlich | qualidade de vida no trabalho |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (2)
Pedro Alberto Falcão de Castro em 29/05/2012:
Olá, Patrícia. Realmente, todo empregado é um PARCEIRO, para qualquer tipo de empresa. O empregado, sendo valorizado, a empresa crescerá junto. Valeu !!!

Rosemiere em 16/05/2012:
Patricia, parabéns pela matéria. Enquanto as empresas tratar funcionários como apenas números, o mercado de trabalho para esta empresas vai se tornando dificil de se encontrar mão de obra qualificada, porque hoje o que o colaborador busca é uma empresa que se preocupa com eles como pessoas e não números.

 
PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

3ª Jornada Virtual de Recursos Humanos

Programa de Autodesenvolvimento



RH.com.br no Twitter


PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.