O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Conheça os cursos online e os eventos virtuais do RH.com.br
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






18/07/2016
RH » Motivação » Matéria Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

Pesquisa de Clima: uma ferramenta que oferece um

Por Patrícia Bispo para o RH.com.br

Uma cadeira confortável, um notebook que permite acessar todas as planilhas que demonstram os resultados do negócio, bem como acompanhar as ações que estão em andamento na organização e um time de diretores que podem ser consultado a qualquer momento. Todos esses fatores sempre serão muito bem-vindos por qualquer presidente de uma empresa, já que lhe permitirá saber como está a "vida" da sua companhia. Mas, será que tudo isso é suficiente para que um dirigente organizacional tenha uma percepção legítima da realidade vivenciada pelos seus colaboradores? Certamente, que ele precisa de algo mais e é neste momento que entra em cena a área de Gestão de Pessoas, com as ferramentas que permitem elaborar diagnósticos corporativos e dentre essas se encontra a PCO (Pesquisa de Clima Organizacional) - um recurso que permite a identificação dos pontos fortes e daqueles que precisam ser trabalhados pela empresa, permitindo que esta identifique e promova iniciativas que reduzam, por exemplo, o turnover, aumentem os índices de atração de talentos e melhore substancialmente a performance dos times.

Uma empresa que vem utilizando a Pesquisa de Clima Organizacional é a Mondial Assistance - que atua no segmento de serviços de assistência e seguro viagem e faz parte do Grupo Allianz. Segundo, Moisés Correia da Silva, diretor de Recursos Humanos da Mondial Assistance, o processo de investigação do Clima Organizacional é chamado oficialmente de AES (Allianz Engagement Survey), ou seja, Pesquisa de Engajamento da Allianz. Esse processo, vale destacar, é realizado anualmente em todas as unidades das empresas do Grupo Allianz, ao redor do mundo.

Ao ser questionado sobre os motivos que levaram a empresa a instituir, a Pesquisa de Engajamento da Allianz, o executivo explica que a principal razão foi estabelecer uma localizar das fortalezas e das oportunidades de melhoria, bem como identificar as melhores práticas entre os países e acompanharmos essa evolução. "Todos os países do mundo recebem o mesmo questionário, o que faz com que tenhamos uma transparência da comparação entre os países de questões similares. Outro ponto importante é que mantemos isso um processo para entender como empresa, o que precisamos, quais são as práticas ao redor do mundo e também temos um ponto no qual temos um benchmark global feito com outras empresas. Olhando como um sistema de aferição, isso nos possibilita estabelecer planos de ação estruturados no sentido de evoluir consistentemente e entender quais são os países e as áreas ofensoras, para que evoluamos como um todo e melhorar o que já fazemos muito bem", esclarece.

OBJETIVOS da PESQUISA - De acordo com o diretor de RH da Mondial Assistance, a Pesquisa de Engajamento da Allianz possui entre como objetivo, entender melhor aquilo que impacta nos funcionários e obter feedback deles a respeito dos processos, da gestão, da liderança, dos benefícios oferecidos e das práticas que são adotadas. A expectativa da companhia também é que cada gestor revise, discuta e aprimore os pontos específicos em cada uma das áreas da empresa.

Além disso, a partir da Pesquisa de Engajamento da Allianz , a organização também visa compartilhar os resultados com todos os funcionários e negociar ações de melhoria para a empresa. Um detalhe ressaltado pelo diretor de RH é que a Mondial Assistance realiza esse processo de forma global e estruturada, de forma que todos os funcionários passem a ter uma percepção de qualquer unidade da empresa que esteja situada ao redor do mundo.

"Todo o trabalho da AES é conduzido internamente e usamos o sistema Kenexa. Optamos por realizar por meio de nossos consultores internos de forma a termos um acompanhamento dedicado e ajudar as áreas, para que tenhamos uma boa adesão com relação à participação. Um bom número de participantes nos assegura que tenhamos um material bastante fidedigno com relação ao retrato de nossa empresa", argumenta Moisés Correia da Silva.

FASES da PESQUISA de ENGAJAMENTO - Todo o processo de realização da Pesquisa de Engajamento da Allianz tem uma duração média de três meses. E durante esse período ocorrem fases consideradas essenciais para o sucesso do processo.

O primeiro passo a ser dado para a concretização da EAS é a divulgação global para todos os empregados ao redor do mundo, momento em que a companhia explica os objetivos da pesquisa, quando irá ocorrer e solicita que todos participem do processo. Em seguida, todos os times de Recursos Humanos - ao redor do mundo, identificam quem serão as pessoas responsáveis pela gestão do processo em seus respectivos países.

Dando sequência ao trabalho, o time de RH local, estabelece um grupo de multiplicadores interno, em cada área da empresa que auxiliará a área de RH com relação ao processo e faz com que todos entendam a dinâmica, o que se espera com a pesquisa e assegura que todos - dentro da organização - estejam alinhados com relação ao objetivo.

A pesquisa, por sua vez, é conduzida dentro de um tempo pré-definido, por meio de um link fornecido pelo sistema Kenexa. Após as respostas, a Allianz consolida os resultados globalmente e envia para todos os países um catálogo com todos os resultados e um modelo de apresentação que deve ser compartilhado junto aos profissionais, demonstrando os resultados obtidos em todas as áreas e quais são os avanços e as oportunidades de melhoria existentes.

Dentro do contexto da Pesquisa de Engajamento Allianz, são abordados indicadores e dentre esses, podemos citar a presença de: Orientação Estratégica, Comunicação e Colaboração; Qualidade e Processos; Efetividade da Liderança; Efetividade do Gerente; Meu trabalho; Remuneração; Desenvolvimento; Foco no Cliente; Inovação e Mudança; Foco no Cliente; Integridade; Responsabilidade Social; Diversidade; Qualidade de Vida; e Feedback.

Quando indagado se a Mondial Assistance já adotou ações a partir dos resultados obtidos pela AES, Moisés Correia da Silva responde afirmativamente. "Temos um plano de ação estruturado e contamos com um plano de ação específico para as áreas que performaram abaixo do índice estabelecido como objetivo pela empresa. Fizemos várias mudanças de acordo com o que foi observado, seja na questão da comunicação, da transparência e criamos Cafés com RH e com o CEO. Revisamos também estruturas organizacionais, em suma, esse material é de grande importância para estabelecimento de plano de ação e tomada de decisão dentro do grupo", enfatiza o executivo, ao lembrar que os resultados da AES sempre são divulgados e discutidos com todos os funcionários em focus groups.

Por fim, o diretor de Recursos Humanos da Mondial Assistante afirma que a Pesquisa de Engajamento da Allianz proporciona benefícios expressivos à companhia. Dentre esses, o executivo cita que a pesquisa tornou-se um canal onde todos os funcionários podem participar de forma estruturada e informar o que pensam a respeito da empresa em vários âmbitos. A AES também é uma ferramenta valiosa que permite que os dirigentes organizacionais compreendam se as medidas implementadas pela companhia surtem efeitos, ao passo que possibilita à empresa criar planos corretivos para ser sempre um melhor local para se trabalhar. "A nossa adesão à Pesquisa de Engajamento, no ano passado, foi de 96%. Recomendamos a todas às empresas e este é, sem dúvida alguma, um sistema eficiente de estabelecer um processo estrutura de melhoria e ter um canal com todos os funcionários para contínuo aperfeiçoamento", conclui o diretor de RH.

 

Palavras-chave: | Mondial Assistante | Moisés Correia da Silva | Pesquisa de Engajamento da Allianz |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (0)
Ainda não há comentários.

Seja o primeiro, clique no ícone disponível logo acima e faça seus comentários.
PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Curso Online do RH.com.br

Curso Online do RH.com.br



PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.