O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Conheça os cursos online e os eventos virtuais do RH.com.br
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






25/10/2016
RH » Liderança » Artigo Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

Decida Decidir

Por Marco Fabossi para o RH.com.br

Havia um muro separando dois grandes grupos. De um lado do muro estavam os homens de bem; do outro lado estavam aqueles que preferem o mal.

E em cima do muro havia um jovem líder indeciso, que estava em dúvida se continuaria no caminho do bem, se debandaria para o caminho do mal, ou se deixaria a vida decidir por ele.

O jovem líder indeciso observou que o grupo do lado do bem gritava o tempo todo:

– Desce logo desse muro! Vem pra cá!

Já o grupo do mal não gritava e nem dizia nada. E a situação continuou por algum tempo, até que o jovem líder indeciso resolveu perguntar ao grupo do mal:

– Hei! Por que o grupo do lado do bem fica o tempo todo me chamando para descer e ficar ao lado deles, e vocês não me chamam e nem dizem nada para me convencer a descer para o lado de vocês?

E o grupo do mal respondeu:

– É porque esse muro é nosso!

Você poderia não estar lendo esta mensagem, assim como eu poderia não tê-la escrito, mas eu decidi por escrevê-la e você por lê-la (Aliás, muito obrigado por isso). E assim é a vida, uma ininterrupta sequência de decisões, e ainda que escolhamos não decidir, de fato, estamos decidindo deixar que algo ou alguém decidam por nós, deixando o papel de protagonista para assumirmos o lugar de coadjuvantes da nossa própria vida.

Pesquisas demonstram que mais de 70% daquilo que aprendemos na vida acontece por meio da prática; da prática de acertar, mas de errar também; da prática de tomar decisões, porque só assim seremos capazes de adquirir responsabilidade e juízo e, pelo acúmulo de experiências, nos tornarmos mais assertivos nas decisões futuras.

Concordo com Anthony Robbins quando ele comenta: “No instante em que você toma uma nova decisão, entra em movimento uma nova causa, um novo efeito, uma nova direção e uma nova destinação para a sua vida. Literalmente, você começa a mudar sua existência no momento em que toma uma nova decisão”. E também concordo com Pablo Neruda: “Você é livre para fazer suas escolhas, mas é prisioneiro das consequências”, contudo, acredito que falta algo nessa famosa frase: “…você é prisioneiro das consequências… até que faça uma nova escolha; até que tome uma nova decisão”.

É por isso que a melhor decisão que você pode tomar em qualquer situação é aquela que você ainda não tomou, porque mesmo que as decisões anteriores não tenham sido satisfatórias, a sua próxima decisão tem o poder de mudar tudo! Consequentemente, a sua pior decisão é aquela que você ainda não tomou!

Um dos grandes diferenciais de um bom líder é a sua capacidade de tomar decisões com assertividade, bom senso e equilíbrio; decisões que gerem bons resultados para a organização, para si, para as pessoas e para o mundo. E nessa jornada, pode ser que algumas escolhas não sejam as mais acertadas, mas quando isso acontecer, lembre-se que você ainda tem em suas mãos o poder de tomar a melhor decisão; aquela que está por vir, então, decida decidir!

Palavras-chave: | liderança | decisão | escolha |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (0)
Ainda não há comentários.

Seja o primeiro, clique no ícone disponível logo acima e faça seus comentários.
PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Curso Online do RH.com.br

Curso Online do RH.com.br



RH.com.br no Twitter


PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.