O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Conheça os cursos online e os eventos virtuais do RH.com.br
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






07/06/2016
RH » Notícia Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

MTPS adota medidas para agilizar requerimentos indeferidos

O Ministério do Trabalho definiu novas orientações para análise de recursos administrativos de requerentes do benefício Seguro-Desemprego. O objetivo é acelerar o prazo de deferimento das solicitações. As novas orientações beneficiam diretamente identificados com CNPJ ativo, que configura exercício de atividade empresarial, e requerentes notificados por cruzamentos de dados que, por algum batimento, tem o seu pedido indeferido e precisam entrar com recurso no órgão. As medidas começam a ser implementadas na próxima semana.

Orientação administrativa distribuída na quinta-feira (2) às unidades do Ministério do Trabalho e da Caixa admite a apresentação de provas documentais para análise dos recursos. Nos casos em que o requerente conste como sócio de empresa no CNIS-PJ, mas alega situação inversa, será aceito como confirmação a Certidão de Baixa de Inscrição no CNPJ, que é emitida gratuitamente no site da Receita Federal. Confirmada a baixa da empresa, independente do ato ter ocorrido em momento posterior à demissão, o recurso será deferido, atendidos aos demais requisitos legais.

Quando o trabalhador constar como sócio de empresa não baixada no CNIS-PJ, mas alega que saiu da sociedade, que não recebe renda, possui participação ínfima nas contas, ou nunca fez parte da entidade, ele deverá apresentar certidão emitida pela Junta Comercial ou pelo Cartório de Registro Civil na qual conste sua exclusão do quadro societário. Confirmada a saída, o recurso será deferido.

Demais casos previstos na nova orientação estabelecem também critérios para o trabalhador que era administrador, mas não sócio de empresa, ou alega que, apesar de não ter ocorrido baixa na Receita, a empresa teve falência decretada. Comprovada a alegação e atendidos os requisitos legais, o recurso será deferido, independente da data do recurso ou da falência da entidade.

As medidas foram conduzidas pela Defensoria Pública da União, Controladoria-Geral da União, Advocacia-Geral da União e pelo Controle Interno do Ministério do Trabalho. Os recursos administrativos indeferidos poderão ser reanalisados mediante solicitação do recorrente, sem necessidade de cadastrar novo recurso.

Reprocessamento - Nesta sexta-feira (3), o Ministério do Trabalho, em parceria com a Dataprev, também deu início ao reprocessamentos de requerimentos notificados a partir de 20 de abril pelo cruzamento de dados do Seguro-Desemprego e da Caixa. O objetivo é reduzir o número de requerimentos que foram bloqueados. Nesses casos, os trabalhadores serão dispensados de solicitar abertura de processos administrativos.

A medida já terá reflexos positivos a partir do dia 13 de junho, quando os trabalhadores poderão realizar consulta da situação dos seus requerimentos. A partir dessa data, os trabalhadores também poderão consultar tais informações pelo telefone 158 do Ministério do Trabalho".


FONTE: Assessoria de Imprensa MTPS

 

Palavras-chave: | MTPS | benefício | legislação |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (0)
» Distância de pouco mais de 1 km entre casa e trabalho não exime patrão de dar vale-transporte
» TRT5 realizará mais de 1.000 audiências de conciliação durante a Semana de Execução
» Força-tarefa dos médicos peritos do governo pode levar milhares de trabalhadores de volta ao mercado
» Presidente do TST assina programa de fortalecimento das ouvidorias da Justiça do Trabalho
» Mais de 900 mil trabalhadores não sacaram o Abono Salarial ano-base 2014
» Conheça os principais direitos trabalhistas dos pais
» Previdência volta a ter site próprio
» Abono Salarial – Ministro assina ato formalizando prorrogação do prazo para saque
» Treinamento, desenvolvimento e educação profissional efetivos: onde conquistá-los?
» Estados e municípios poderão ter plano de Previdência Complementar
» Número de empregadas com FGTS cresce 722,32% em um ano
» Quem não sacou abono salarial do ano-base 2014 pode receber entre 28 de julho e 31 de agosto
» Empresas ainda têm dúvidas sobre exames toxicológicos para motoristas
» TST encerra semestre com redução no acervo de processos
» Conselho propõe orçamento de R$75,4 bilhões para o FAT
» Últimos dias para sacar abono salarial do PIS/Pasep
» Nova versão do sistema de emissão de carteiras de trabalho chega será implantada na BA
» Prazo para sacar PIS/Pasep se encerra em 30 de junho
» Caged de abril mostra recuo na perda de postos de trabalho
» Orientação trabalhista e homologação de rescisão têm agendamento pela Internet
Ainda não há comentários.

Seja o primeiro, clique no ícone disponível logo acima e faça seus comentários.
PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Curso Online do RH.com.br

Curso Online do RH.com.br



PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.