O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Conheça os cursos online e os eventos virtuais do RH.com.br
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






06/05/2014
RH » Desempenho » Matéria Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

A obtenção de resultados conquistada passo a passo

Por Patrícia Bispo para o RH.com.br

A mensuração de resultados é um dos pilares que revela como está a "saúde" de uma empresa, em que pontos a companhia precisa aprimorar e até mesmo substituir determinados processos de gestão. Em 2013, o Grupo Trumpf deu uma guinada na Gestão de Pessoas e para isso resolveu incorporar a Avaliação de Resultados ao Programa de Avaliação de Desempenho já existente. O objetivo dessa iniciativa foi justamente medir não só a performance individual dos colaboradores, mas também mensurar e direcionar os esforços coletivos através de metas ligadas diretamente aos objetivos estratégicos da organização.

De acordo com Eduardo Tupper Torres, diretor Administrativo, Financeiro de RH da Trumpf do Brasil, atualmente, a Avaliação de Resultados abrange 100% dos colaboradores da empresa. "Nosso foco é o cascateio de metas por toda a organização as quais convergem com os objetivos estratégicos. Isso traz sinergia , um senso de ‘eu faço parte' do negócio e, aumenta significativamente o nível de engajamento", enfatiza, ao acrescentar que normalmente, a empresa trabalha com duas ou três metas coletivas e estas, por sua vez, são comuns a toda a organização. A Avaliação de Resultados toma, ainda como base duas ou três metas específicas, onde são trabalhados indicadores das áreas.

Vale ressaltar que todo o processo de contratação, validação, acompanhamento e avaliação das metas é feito dentro do ciclo anual de Avaliação de Desempenho e Resultados. Ao ser questionado se para instituir o Processo de Avaliação de Resultados, o Grupo Trumpf firmou parceria com consultorias externas, Eduardo Tupper Torrer, diz que isso não foi necessário.

Ele explica que toda a metodologia, os conceitos e a forma de apuração foram desenvolvidos internamente. "Para nós fazia todo o sentido que, tivéssemos metas macro que sustentassem o negócio como Entrada de Pedidos e EBIT, e outras que nos dessem condições de alcançar as metas macro, através do esforço individual e das áreas", explica, ao enfatizar que o mercado de Gestão de Pessoas, assim como outros, é sempre rodeado por modismos, de tendências, e a vantagem de se possuir um programa dessa natureza é porque essa experiência permite trazer para o campo prático, de forma estruturada e sistêmica aquilo que realmente agrega valor ao negócio.

Receptividade dos Talentos - Ao ser indagado sobre a receptividade dos clientes internos, em relação à Avaliação de Resultados, o diretor Administrativo, Financeiro de RH da Trumpf do Brasil menciona que aceitação dos talentos tem sido muito boa, mesmo porque hoje existem parâmetros claros e bem definidos para bonificar os profissionais pelo desempenho que apresentam. Além disso, as pessoas conhecem as metas e se esforçam para alcançá-las. Esse direcionamento tem sido essencial para que as ações individuais e até mesmo as coletivas sejam consolidadas em resultados expressivos.

Os Frutos - De acordo com Eduardo Tupper Torres a Avaliação de Resultados gerou bons frutos. "Hoje, temos uma empresa mais ativa, participativa e transparente, todos sabem quase que na ponta da língua o nosso objetivo de faturamento e, as demais entregas a serem realizadas. O programa também nos proporcionou subsídios concretos para o pagamento de Participação nos Lucros e Resultados. Além disso, dentre os benefícios gerados pela iniciativa, foram observados: transparência de processo; sinergia organizacional; aumento do engajamento; crescimento da credibilidade interna e a instituição do processo de meritocracia.

As Dificuldades - Apesar dos processos inovadores, em alguns casos, apresentarem dificuldades durante a sua implantação, Eduardo Tupper Torres ele cita que a implantação da Avaliação de Resultados ocorreu com serenidade. Isso porque, desde o início a proposta foi bem aceita e sem grandes resistências. "Não acreditamos em sistemas infalíveis, trata-se de um sistema pensado de acordo com a nossa realidade e cultura. O envolvimento dos líderes foi um ponto que nos ajudou significativamente", pondera.

Comunicação Interna - No tocante à comunicação interna, a Avaliação de Resultados contou com os canais já existentes na empresa. Todos os colaboradores foram treinados no uso da ferramenta, inclusive participando com sugestões de metas para suas áreas. Vale ressaltar que processo é gerenciado através de um software em plataforma web e tem uma linguagem bem explicativa. Fizeram parte do plano de comunicação: esclarecimentos gerais (por e-mail), reuniões individuais com a liderança, uso da intranet, divulgação de matérias em na newsletter e anúncios do Grupo Trumpf do Brasil e até mesmo no próprio Canal de TV interno.

"Entendemos como RH estratégico aquele que consegue equilibrar as expectativas organizacionais às das pessoas que trabalham para que essas expectativas sejam atingidas. Nesse cenário, incorporar a Avaliação de Resultados a uma ferramenta já familiar e respeitada é uma forma adequada de complementação que nos possibilita uma maior e melhor dimensão de análise, permitindo uma visão holística do negócio. Os gestores são parte fundamental deste processo, pois eles são responsáveis por disseminar as informações, dirimir dúvidas, dar e receber feedback, acompanhar e orientar sua equipe quanto aos resultados", conclui.

 

Palavras-chave: | Trumpf | Eduardo Tupper Torres | meritocracia | avaliação de resultados |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (1)
Maria Elisabete Gusson em 08/05/2014:
Excelente matéria. Acabei de implantar um modelo de avaliação de desempenho e de resultados em um cliente. Concordo plenamente com o comentário dos modismos de RH. É preciso conhecer a cultura e entender as necessidades de cada empresa. E, como dizem por aí, RH precisa de mais "acabativas" e não só de iniciativas!

PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Curso Online do RH.com.br

Curso Online do RH.com.br



PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.