O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Conheça os cursos online e os eventos virtuais do RH.com.br
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






09/11/2015
RH » Comunicação » Artigo Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

Feedback – A base de uma boa comunicação nas empresas

Por Fernanda de Fiori Corrêa para o RH.com.br

No sentido literal, o termo Feedback significa "retroalimentação". Representa o retorno de uma mensagem enviada por um emissor a um ou mais receptores. Dar Feedback é trocar percepções sobre o desempenho, alinhar expectativas, levantar pontos fortes e oportunidades de melhoria.

O que percebo é que em grande parte das empresas existe a ausência completa de Feedback, que é originada principalmente por conta de nossa cultura. No Brasil, assim como na maior parte dos países latinos, não temos a cultura de falarmos sobre as deficiências das pessoas. Temos a tendência de reforçar somente os pontos positivos e, raramente falamos sobre o que o outro precisa melhorar. A ausência de Feedback dentro das organizações, gera a ausência de comunicação com um grupo. As pessoas perdem a oportunidade de receber informações de como seu comportamento e sua atuação está afetando o ambiente.

Para falarmos um pouco mais a fundo sobre isso, vou separar o Feedback em duas partes: a primeira, como receber o Feedback e a segunda, como dar um Feedback.

Como Receber Feedback

Feedback é um presente! Por mais que o Feedback venha de forma mal estruturada, com palavras inadequadas, você está tendo a oportunidade de saber qual o impacto que você gera nas pessoas e quais seus pontos de melhoria para que no futuro possa melhorar e desenvolver sua performance. Então, como agir?

A melhor forma de receber um Feedback é ouvir e adotar uma postura totalmente egoísta, ou seja, mantenha o foco única e exclusivamente em você. O Feedback é baseado na percepção e recorte de realidade uma outra pessoa, entretanto, ele retrata como o outro te vê e te percebe. Pense no que você fez ou deixou de fazer, para que o outro te perceba desta forma.

Não adote uma postura reativa e evite se justificar em relação ao Feedback recebido. Este momento é de escuta ativa e reflexão. Essa é a oportunidade que você tem de crescer e se tornar um profissional melhor.

Dando feedback

Nesta situação, adotem uma postura totalmente altruísta, ou seja, pense somente no outro. O mais importante aqui é se ausentar de qualquer tipo de julgamento. O Feedback baseado em julgamentos não contribui para o crescimento das pessoas. Pelo contrário, pode subestimar e causar reações de recusa e contestação por parte de quem o recebe.

Tenha a consciência de que um Feedback tem o objetivo de agregar e não de criticar. Conheci uma ferramenta de Feedback que particularmente gosto bastante do Center for Creative Leadership (EUA), que tem uma sigla S.C.I., que significa Situação - Comportamento - Impacto e que poderá ser usada por vocês nos próximos Feedbacks.

SITUAÇÃO - A situação é a descrição exata sobre o fato ocorrido, ou seja, mostrar ao receptor a situação em que o comportamento foi manifestado. Para ser mais efetivo, dê o Feedback imediatamente ou pouco tempo depois da situação percebida. Se passar muito tempo você correrá o risco de esquecer-se de detalhes e da pessoa também não conseguirá se recordar do que fez ou falou.
Exemplo - Hoje pela manhã na reunião de com nosso Cliente...
Dica - Tente evitar expressões que generalizam como: todos, sempre, nunca, todo dia, entre outras. Você estará se referindo a uma determinada situação, portanto será incoerência generalizar o fato.

COMPORTAMENTO - Aqui explicaremos as ações específicas que caracterizam um determinado comportamento.

A descrição do comportamento fará com que o receptor aceite melhor o Feedback, pois normalmente é algo muito perceptível e é possível obter sua confirmação através de outras pessoas que o presenciaram. Quando o Feedback não é baseado em comportamentos, o receptor se prende na busca por explicações que possam comprovar o Feedback e não percebe o aprendizado que o emissor gostaria de ter transmitido.

Exemplo: ... Você entregou a proposta de trabalho sem checar todas as informações e com erros.

IMPACTO - É a descrição das consequências mais expressivas causadas pelo comportamento que a pessoa evidenciou para você ou no ambiente.
Exemplo: ... Isso gerou um descrédito para nossa empresa e fez com que o cliente desistisse da compra.

O Feedback é uma das melhores ferramentas para os líderes desenvolverem pessoas. Por isso, faço aqui um convite para que experimentem essa ferramenta e colham os frutos que crescerão dentro de suas organizações.

Sucesso!

 

Palavras-chave: | avaliação de desempenho | comunicação interpessoal | feedback |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (1)
Paula Virgínia Alves Lima em 13/11/2015:
Neste artigo foi muito interessante e fácil de compreender a abordagem sobre feedback. Sou estudante de RH e acredito que desta maneira uma das técnicas de gestão de pessoas mais importantes e que todos devemos saber utilizar corretamente é o FEEDBACK. Com ele é possível orientar os funcionários na execução desejada das atividades ou saber o que eles acham do trabalho que realizam, por exemplo. O feedback também auxilia no momento em que o gestor encontra-se diante da difícil missão de demitir um funcionário. Neste caso, se o líder oferecer um feedback constante e adequado ao seu subordinado, ambos terão a oportunidade de aproveitar este momento para o crescimento pessoal e profissional. FEEDBACK não é uma opinião que expresse um sentimento ou emoção, mas sim um retorno que alimenta (validando ou invalidando) um dado comportamento ou realização com base em parâmetros claros, objetivos e verificáveis.

PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Curso Online do RH.com.br

Curso Online do RH.com.br



RH.com.br no Twitter


PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.