O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Conheça os cursos online e os eventos virtuais do RH.com.br
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






06/04/2016
RH » Carreira » Entrevista Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

Um novo desafio é sempre um estímulo para um RH

Por Patrícia Bispo para o RH.com.br

"Extrair o melhor dos diferentes perfis de colaboradores da companhia, oriundos de diferentes gerações, empresas adquiridas e espalhados por toda América Latina". Esse será o desafio da executiva Rita Pellegrino que assumiu em março deste ano a diretora de Recursos Humanos da TOTVS - empresa que atua com softwares de gestão, plataformas de produtividade e colaboração, hardware e consultoria, com liderança absoluta no mercado SMB na América Latina.
Rita possui uma bagagem muito consistente na área. Ela atuou por mais de dez anos no Itaú-Unibanco e foi uma das responsáveis pelo processo de integração e consolidação da nova cultura pós-fusão entre as duas instituições financeiras. Geriu por seis anos parte da Rede de Agências do Itaú-Unibanco, com olhar para todos os subsistemas de RH.
Graduada em Psicologia pelo Centro de Estudos Superiores de Londrina, pós-graduada em Administração de Recursos Humanos pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e especializada em Gestão de Pessoas pela Fundação Instituto de Administração (FIA/USP), ela também possui formação em Executive Coach pelo Erickson Coach International. Em entrevista concedida ao RH.com.br, Rita Pellegrino fala sobre seus "primeiros passos" como profissional de Recursos Humanos e qual é a sua percepção sobre atuação do RH no contexto atual das corporações. "Gosto de ler livros e artigos que trazem tendências de Gestão de Negócio e Gente. Além disso, mantenho contato com vários profissionais da área. A troca de experiência sempre traz inputs importantes", sintetiza, ao ser questionada sobre os recursos que recorre para se manter atualizada. Confira a entrevista na íntegra e boa leitura!


RH.com.br - Para a senhora, o que é ser um profissional de RH?
Rita Pellegrino - O profissional de Recursos Humanos é aquele capaz de fazer uma leitura holística e profunda da organização, para que possa prover soluções que suportem o crescimento sustentável e o incremento de resultados.

RH - O que a motivou a ser uma RH?
Rita Pellegrino - Eu sou psicóloga de formação e poder fazer parte do desenvolvimento das pessoas sempre foi algo que me encantou. A atuação em Recursos Humanos nos dá a oportunidade de fazer isso com um número muito grande de pessoas. Isso é realmente fascinante.

RH - Como aconteceu o seu ingresso na área e qual a melhor lembrança que a senhora traz do início da sua carreira?
Rita Pellegrino - Logo após o término da faculdade, meu desejo era seguir a carreira em Psicologia Clínica. Mas, após seis meses de atuação, percebi que gostaria de trabalhar em outra dinâmica. A minha primeira experiência em uma organização, na área de Recursos Humanos. foi como estagiária e eu me lembro de me sentir muito importante, fazendo parte de algo tão grande. Sentia satisfação em ver tantas pessoas mobilizadas por uma mesma causa.

RH - Quais foram os obstáculos iniciais da sua trajetória profissional e como a senhora conseguiu superá-los?
Rita Pellegrino - Não considero que tive obstáculos, mas acho que todo início de trajetória - e isso pode acontecer em várias fases da vida, exige um esforço maior de estudo e dedicação para ganhar conhecimento. Passei por alguns novos ciclos na minha vida profissional e dedicação sempre foi meu ponto de partida para ter êxito.

RH - A senhora teve a oportunidade de se inspirar em alguma liderança, para dar sequência à sua carreira?
Rita Pellegrino - Sim. Tive muita sorte em encontrar algumas pessoas que me inspiraram. Houve uma executiva em especial que me serviu de exemplo no início da minha trajetória no mercado financeiro. Guardo comigo muitas atitudes e ensinamentos que vieram dela.

RH - Quais os principais recursos que a senhora utilizou e ainda recorre para se manter atualizada na área?
Rita Pellegrino - A leitura é uma fonte inesgotável de conhecimento, e com a correria do dia a dia, é necessário ter muita disciplina para manter o hábito vivo. Gosto de ler livros e artigos que trazem tendências de Gestão de Negócio e Gente. Além disso, mantenho contato com vários profissionais da área. A troca de experiência sempre traz inputs importantes.

RH - Cada vez mais as empresas precisam profissionais estratégicos. Na sua visão, o que poderíamos chamar de RH Estratégico?
Rita Pellegrino - Eu acredito no RH que gera resultado, que provoca o negócio e que prepara as pessoas para irem além. Mas, é impossível ser bem-sucedido nessas duas coisas se você não conhece o negócio da sua empresa. Acredito no RH que vai para a ponta com o cliente interno, que vivencia o calor do business da empresa e é capaz de oferecer soluções assertivas para a gestão da companhia.

RH - Ser RH no Brasil é complicado?
Rita Pellegrino - Talvez a palavra correta não seja complicado e sim que "requer cuidados". É importante estar atento a muitos detalhes. As exigências legais exigem atenção e junto com isso um tempo grande, dedicado a processos e a conhecimento especializado. Por outro lado, é também necessário estar muito próximo ao negócio, para gerar soluções que tragam resultado para a organização. Ambos os lados fazem parte do jogo e igualmente importantes.

RH - Como surgiu esse desafio de se tornar a diretora de RH da TOTVS?
Rita Pellegrino - O convite da TOTVS foi inesperado. Eu estava negociando minha volta ao mercado financeiro - após um ano em período sabático, quando me chamaram para uma entrevista. Fiquei encantada com o projeto da empresa e mudar de segmento seria um desafio para quem ficou dez anos em banco. Para crescer é preciso se desafiar.

RH - Qual será a marca registrada que a senhora pretende deixar na sua gestão?
Rita Pellegrino - Acredito na gestão que consegue engajar as pessoas e mobilizá-las para uma mesma causa. Falando especificamente sobre Recursos Humanos, quero deixar um legado de gestão direcionada para o resultado da organização. Isso passa por ter processos bem desenhados, políticas consistentes e uma cultura consolidada.

RH - A senhora gostaria de deixar algum recado para aqueles profissionais que estão começando atuar na área?
Rita Pellegrino - Conheça seu negócio em primeiro lugar. Essa é a primeira grande lição que um profissional de Recursos Humanos deve cumprir. Não é possível propor nada relevante e que impacte no negócio da empresa onde você atua, sem conhecer o que ela faz, sem conhecer "suas dores" e aonde ela quer chegar. Não seja coadjuvante ou proponha parceria, faça parte do negócio!

 

Palavras-chave: | TOTVS | Rita Pellegrino | crescimento profissional |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (0)
Ainda não há comentários.

Seja o primeiro, clique no ícone disponível logo acima e faça seus comentários.
PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Curso Online do RH.com.br

Curso Online do RH.com.br



PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.